Postagem em destaque

A Paz

sábado, 22 de agosto de 2015

Casamento de Maria Carmen e José Vitorino: Amor e familia



























Uma noite especial. Acabo de chegar de um casamento que reuniu família  com muito Amor.
Minha prima Maria Carmen  e José  Vitorino casaram em cerimônia religiosa  (já  tinham se casado no civil) na igreja de Santa Edwiges , em Brás  de Pina com um ritual que emocionou nossos corações
Suas netinhas Bia (baianinha) , Luísa e Letícia  ( portuguesinhas) entraram lindas  espalhando pétalas  de Rosas.
Seu filho João Luís com a esposa Fabiane vieram de Portugal onde vivem,  para o casório  da mamãe. Luciana com o marido Saulo e as filhinhas Bia e a pequena Juliana,  de 8 meses também  viajaram de Salvador para participar da cerimônia  que oficializa uma União  de alguns anos onde a construção  é  de respeito carinho e compreensao.
Carmen entrou de braços com tia Fernanda. Esta , elegante e linda. Tia Celeste trouxe as alianças. Tomasia conduziu o irmão  Vitorino ao altar. 
Amigos e muitos familiares. Nossas primas  de muitas gerações e nossas histórias  de vida em família  sendo revividas e renovadas.
Depois, a festa e muita foto. Selfies e brincadeiras. Sandra, filha do tio Paulo estava com o marido Mauro e a filha Belisa. Tia Helinha,  viúva do tio Pedro,  com a minha prima Eliana e a filha Ana Clara. O irmão da noiva,  Luís, com os filhos Fábio, Alexandre,  Simone, marido  Marcelo e o casal de filhos Kadu, 5anos,  e Giovana, de 4 meses. Vovó Lucia curtindo o casal de netos e a nora Rafaela, namorada do Alexandre,  além da caçula recem casadinha Cristiane e marido que me zoou tirando minhas selfies.
Amigas de Carmen de tantos anos. A Lúcia que conheci em Marica e me deu carona na volta. Muita gente feliz em torno do casal que sacramentou o Amor e o dividiu conosco.
No ar e na saudade estavam nossos Pais, os irmãos : Ulysses, Gerson, Pedro, Paulo. Suas memórias  e exemplos são  patrimônio  para nossa nova geração.
As 4 meninas participaram do casamento da avó  e viram-na ser trazida pela bisavó  Fernanda.
Um exemplo de Amor e família.
Fiquei realmente muito feliz. Minha prima e Vitorino merecem construir um sólido  Casamento na maturidade. Ela ficara viúva com os filhos ainda adolescentes e lutou para forma-los Dentista e Médica, como missão  de Vida. Matei saudades e registrei muita cena de reencontro feliz. Somos uma família de mulheres guerreiras e fortes.
Lutamos. Corremos atrás  e temos fé e esperança no coração. Trazemos no sangue a garra da espanhola Carmen que em 1910 deixou a Galicia e veio para o Brasil.
Nesta festa, lembramos tambem das tias Vera e Maria e do tio Ovidio. Sentimos falta de Magda e Bel que não  puderam vir. E do tio Helio que é  o unico filho vivo de Carmen e Antonio.
 Foi realmente uma noite especial.
Apesar da emoção ,  pude  vivenciar a felicidade de estar com a família e mais uma vez, sentir o carinho de todos e todas.
Um casamento abençoado  numa noite de alegria e emoção
CIDA Torneros


5 comentários:

  1. Muito bacana, Aparecida. Náo tem coisa melhor do que amor e família, náo é? Beijos e parabéns pelo texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. Tenho sorte de ter esta família carinhosa e linda.

      Excluir
  2. Lindo texto, linda família e lindo amor!

    ResponderExcluir
  3. Descreveu lindamente nosso encontro! Foi maravilhoso estar com pessoas tão queridas como voce , prima amada, num momento tão importante para nós. Familia reunida e feliz é bênção de Deus.

    ResponderExcluir